segunda-feira, 19 de junho de 2017

UM ILUSTRE CIDADÃO TARAUACAENSE

MANOEL HENRIQUE LOPES

“SEU PRETO HENRIQUE”

-MANOEL HENRIQUE LOPES-

O que seria do ser humano se não reconhecesse o valor do outro e sua importância no mundo em que vivemos. Quero homenagear hoje, este ilustre cidadão tarauacaense que muito tem feito para enriquecer a nossa história, e também pelo trabalho dedicado à terrinha do abacaxi. Pela grande família que tem.

Seu Preto: É gente simples e humilde que não perde um "Terminal Comunitário na Rádio FM local. Tive o prazer de conviver na minha infância dentro da família deste grande homem. Passava grande parte do meu tempo na sua casa, onde tinha e tenho grandes amigos;

Manoel Henrique lopes é patriarca da família Lopes em Tarauacá. Tem 79 anos, atende pelo apelido de "Preto Henrique", funcionário público municipal. É pai de 11 filhos, todos criados e bem encaminhado na vida. Quem nunca ouviu falar de Railton Rodrigues e seu programa na rádio Am 820 do município. 

É pai de Raimundo Lopes, Ronaldo, Rosaldo (In Memoriam), Liberdade, Nádia, Raílton, Railson, Ronivaldo, Ronilson, Regiane e Gislene Lopes. Casado com Francisca Rodrigues Lopes (Dona panca IN MEMORIAM). Têm 36 netos e 12 bisnetos. 

Rosaldo Lopes (In Memoriam), era Policial Militar de Tarauacá. Pouco tempo antes do acidente que o vitimou fatalmente, tive um sonho premonitório, onde via o acidente acontecer. Sabe àqueles sonhos que voce não têm como evitar e sabe que será "realidade" algum dia!!!... Pois é... Não tive coragem de contar aos outros irmãos da família, mas contei tudo à Regiane Lopes que na época trabalhava na Comercial Rocha e era muito minha amiga da escola. Somente muito tempo depois, contei à "Dona Panca" e foi difícil ver suas lágrimas caírem... Pela primeira vez tornei esse fato publicamente.

"Dona Panca", como era popularmente conhecida, sempre me tratou como um filho. Tinha o prazer de todos os dias fazer os melhores quibes da cidade que era apreciado por todos e so vendia na escola. O tempo passou, seus filhos casaram-se e procuraram construir família. Tenho o prazer de ser compadre de um deles, Ronilson Lopes, meu irmão, amigo e pai da Yanna e Gabriel, casado com Andréa.

Nessa época era muito comum no passado acontecer os caipiras do bairro da Praia, organizado por "Dona Preta" que tinha quase sempre Gislene Lopes (muito bonita e simpática) como uma das finalistas da rainha do caipira do bairro. Cursei ensino fundamental com Ronilson, Ronivaldo e Regiane na escola Rosaura Mourão da Rocha, sempre foram meu parceiros e amigos que tenho enorme admiração por todos eles.  Quando adolescente, quebrei muito concreto para que se levantassem as paredes da escola que depois voltaria como professor, mas isso é outra história.

Por: Copyright© 2017 @Kbym

Nenhum comentário: